arte
 

Jochen Maria Bustorff


1941

biografia

Nasceu no norte da República Federal da Alemanha.
Jochen Maria Bustorff fez o curso superior de Belas Artes em Hamburgo. Após a sua conclusão o governo Alemão concede-lhe uma bolsa para estudar arte e arte popular em Portugal. Antes de ali chegar viaja durante cinco meses pêlos países mediterrânicos incluindo África do Norte, desenhando e escrevendo. Expõe o resultado de todo esse trabalho em cinco cidades portuguesas e publica um livro, escrito em português e em alemão "Diário do Alentejo".
A cidade de Hamburgo concede-lhe outra bolsa. Elabora, então, com a participação dos camponeses do Alentejo um grande documento pintado (óleo sobre tela, 14 m2) sobre o quotidiano do Alentejo,
- Em 1982 está em Moçambique a trabalhar para o Ministério da Agricultura como responsável pela elaboração e distribuição de uma revista do Ministério. Viaja longamente por Moçambique e por África.
- Três anos mais tarde vai para Roma entregando-se exclusivamente à pintura.
- Em 1987 pinta e fotógrafa no Sudão. Viaja frequentemente pêlos grandes desertos.
- Em 1991 dá aulas na Universidade de Windhoek (Namibia) sobre Creatividade nos Meios Artísticos, continuando o seu próprio trabalho de artista.
- 92-94 reside em Paris. Ali faz cópias de Delacroix e de Géricault no Museo do Louvre. Elabora também criações próprias em atelier privado.
- Em 1994, no Inverno viaja até Macau, Hong Kong e percorre o Sul da China.
- Em 1995,decide viver e trabalhar novamente em Portugal.
- Pinta e oferece ao Museo da Revolução de Havana (Cuba) 1999 uma obra de grande dimensão exposta sobre o monumental vão da escadaria entre o segundo e o terceiro andar.
- Em 2000 estabelece uma relação intercâmbio com fundações de S. Salvador, Bahia-Brasil, que o levou a dar cursos na Universidade e a realizar trabalho próprio nos anos seguintes.
- Em 2002 ganha o primeiro prémio da Bienal de Vidro da Marinha Grande com uma escultura na linha da mensagem estética de Duchamp. No mesmo ano ganha o primeiro prémio de pintura no segundo Congresso Trás os Montes. Fez exposições e deu cursos em todos os países por onde se deslocou.